Arcos

NOVA SÃO PAULO 

arc1     arc2    arc5

Antigamente para se construir algo, os principais materiais que se dispunha eram  madeira e pedra. A madeira, pela sua pequena resistência e pouca durabilidade não era dos melhores materiais. As pedras, apesar de difíceis de serem removidas e trabalhadas, apresentavam grande resistência à compressão e grande durabilidade. Foram desenvolvidas então, técnicas para melhor se aproveitar essas características da pedra. Os etruscos iniciaram e depois os romanos aperfeiçoaram a construção de arcos. Conseguem-se vãos muito maiores com arcos do que com vigas retas, por isso eles são muito usados na construção de pontes e viadutos. Arcos podem vencer vãos de cerca de 300 metros e se forem metálicos podem chegar a 550 metros.

 Segundo Renato Leão Rego a forma do arco e da parábola encantou os arquitetos modernos pela sua simplicidade tectônica. seja pela correspondência direta entre solicitação estrutural e solicitação arquitetônica ou pela plasticidade de seu desenho, essas formas ja eram notadas entre os paradigmas da arquitetura modern

Oscar Niemeyer recorreu as abobadas em fila no desenho da biblioteca do instituto Tecnológico da Aeronáutica  (projeto de 1947) 

E o Banco Real ( Av. Paulista) foi contruído seguindo esta estética também; e sua contrução se deu após os anos 80.

                                                          

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: